25/01/2011

misteriosa a vida


Sentimentos são matérias
Que vagam entre dimensões
Inferior, superior
Cada um com sua afinidade
De uma haste espinhosa
Brota rosa formosa
Um embrião, hoje homem maduro
Perambulando procurando um rumo
Sensíveis, procurando abrigo
Ocupando um vaso
Que um dia quebrara .

A vida segue...
sempre misteriosa...

6 comentários:

HSLO disse...

É um mistério mesmo...e não adianta tentar desvendar.

abraços
de luz e paz
Hugo

multiberg disse...

imagem e poema tão coeso.
é incrivel como vc disse tanto
em tão pouco espaço textual

Tiago Betel disse...

A alma parece aceitar tudo, ser bipolar,
Mas não são muitos os sentimentos que lá permanecem, vagam. Procuram...

Entre o universo imaginário, mostram-se reais.

Belo Texto.

multiberg disse...

li novamente e continuo entrelaçando
imagem e poema.
cara e coroa és uma moeda de ouro
mas não há conflito entre um lado e outro
é fusão é colisão de MISTERIOSA VIDA E VIDA.
Um poema que doa outra
que gera em ventre imaginario e concebe entre corações reais uma vontade de te ler mais ...
continue juliana a dar vida a VIDA .

Laís disse...

Sempre misteriosa.


Verdade


beijos!

Yago Licarião disse...

É esse mistério que acaba dando algum sentido para viver. Descobrir os mistérios da vida! Muito bem produzido, parabéns!