30/06/2009

Meu tempo

Não sei se choro, ou se dou risada da vida, que ironia...
As vezes me pergunto, a vida é minha porque eu a faço assim, dura de viver?
Talvez se eu planta-se algumas flores,
Rega-se algumas arvores
Colheria frutos bons e flores perfumada
Mais não consigo esperar os frutos vingarem
Meu tempo é agora
Meu futuro é todo o tempo
Não sou capaz de sofrer hoje
Esperando o amanhã feliz.

4 comentários:

bruno nobru disse...

tambem acho muito dificil ter que sacrificar certas coisas para ter outras depois e sabe se la quando sera esse depois.. tem coisas que nao acho que valem tanto a pena o sacrificio.. depende muito..

Diego The Weightless Soul disse...

Os sonhos não mentem.
A realidade sim.

Cris Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris Santos disse...

Ju, para mim é muito dificil fazer algo pensando no futuro, creio que o unico tempo que realmente existe é o agora; ontem é apenas passado e lembranças, o amanhã tem cheiro de talvez e é recheado com duvidas...
Então não aceito muito bem essa historia de suportar as dores de hj, pois elas seriam garantias de futuros sorrisos. Mas é claro que há alguns sacrificios que temos que fazer, agora se renderão os frutos esperados? Só o tempo pode nos contar...
Além do que não podemos nos culpar tanto, nem todas as cartas se encontram em nossas mãos.
Beijos!
Ps: nem preciso dizer, mas adoraveis palavras